Introdução: Cloud computing aplicado à gestão de negócios

Aplicar cloud computing à sua empresa pode ser uma tarefa árdua. Não se trata apenas de escolher um provedor e transferir seus arquivos, é preciso estudar as melhores estratégias e maximizar os usos da tecnologia.

Por isso, hoje, faremos um artigo explicando o passo a passo da melhor maneira de utilizar o cloud computing aplicado à gestão de negócios.

Primeiro passo, entendendo as vantagens e desvantagens

O cloud computing não é só vantagens e qualidades positivas, existem desvantagens sérias e certas que precisam ser estudadas pelos negócios na hora de usar a nuvem.

Abaixo listamos algumas características da tecnologia, mas temos um artigo só sobre prós e contras, caso esteja mais interessado.

As vantagens do cloud computing

Dentre as principais vantagens da aplicação de public cloud (modelo em que os dados são transferidos para uma companhia de cloud como AWS, Azure ou Google Cloud) estão:

Além disso, a tecnologia é, provavelmente, ecologicamente amigável, levando em consideração que as empresas que oferecem o serviço da nuvem lidam melhor com os gastos de energia e resfriamento dos equipamentos.

De maneira geral, uma estratégia de computação em nuvem, ou seja, a terceirização de serviços para plataformas virtualizadas (e acessadas através de uma conexão com a internet) oferece mais versatilidade para pequenos e médios projetos.

Apesar da ampla prática da tecnologia hoje em dia, ainda são poucas as empresas que adotaram o modelo de cloud por completo. Certas aplicações devem permanecer dentro dos domínios de hardware e TI de uma empresa.

As desvantagens do cloud computing

Mesmo soando como uma solução milagrosa e muitas vezes definitiva, existem alguns pontos que devem ser levados em consideração pelas empresas interessadas em adotar o cloud computing em seus negócios. São estas as desvantagens:

Ou seja, apesar de gerar flexibilidade no desenvolvimento de projetos, o modelo de negócio dos provedores é engessado em soluções padrão para todos os clientes, com poucas opções de customização.

Assim como facilita o trabalho remoto e libera a equipe de TI, más aplicações e uso indevido da tecnologia, bem como eventuais erros humanos podem pôr seus dados em risco, seja através do back-end do cliente ou do front-end da empresa provedora.

E ainda que gere economia no investimento de hardware e software adequado, o uso de cloud computing pode esconder gastos não previstos, por isso é muito importante calcular quanto custa migrar para uma estrutura de nuvem.

Analisando a aplicabilidade de cloud computing no seu negócio

Depois de avaliar o custo-benefício de cloud computing para o seu negócio, e isso implica em entender quais os pontos fortes e fracos da sua empresa, bem como entender se esses pontos são compatíveis com o uso da nuvem, é preciso entender como se dá um contrato desse tipo de serviço.

Primeiro, é necessário fazer um estudo da compatibilidade entre as tecnologias das empresas, identificando possíveis diferenças entre gerações de softwares e hardwares que possam atrapalhar a transmissão de dados.

Talvez seja necessário fazer pequenos investimentos em infraestrutura antes de adaptar seu negócio para a cloud, tudo para garantir que não ocorram problemas futuros.

Outra necessidade é avaliar a segurança das aplicações da empresa contratada e do seu negócio, entendo a confiabilidade dos firewalls e antivírus, bem como outros softwares de defesa e medidas de segurança. É preciso saber o que fazer em caso de falhas.

Um detalhe muito importante é saber exatamente quais são os serviços previstos pela companhia contratada. Uma maneira de garantir seus direitos como consumidor e cliente é através de um SLA, que explicamos melhor aqui.

Depois, é necessário escolher uma empresa de confiança, e para saber mais sobre quais são suas melhores escolhas, separamos aqui um comparativo das principais empresas no mercado.

Só é preciso lembrar que elas não são as únicas, e existem muitas outras opções, possivelmente contendo a solução certa para o seu negócio.

O cloud computing como ferramenta de gestão

Fazer uma transição para a nuvem é uma decisão complexa, que envolve inúmeros fatores dentro de uma companhia.

Antes de qualquer coisa, um gestor precisa entender as demandas de sua empresa, para então tomar as medidas corretas.

Apesar de ser uma tecnologia extremamente eficaz, que vem mostrando inúmeros benefícios a várias companhias do mercado, o cloud computing só funciona de verdade com uma boa estratégia.

Por isso, é ideal se consultar com algum especialista antes de qualquer coisa e entender se a sua empresa tem o que é preciso para essa mudança, levando em consideração, por exemplo, que não devem ser transferidos todos os dados e aplicações de uma vez ou em algum momento.

Certas informações ficam melhores garantidas com a sua companhia.

O cloud computing é mais uma ferramenta para alavancar seu negócio. Tem alguma dúvida ou quer saber mais como podemos mudar seu negócio? Assine nossa newsletter ou fale com um de nossos especialistas.

Publicado em Cloud Computing Marcado com: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*