Cloud Computing na Prática: Como usar todo seu potencial tecnológico

Apesar de ser uma tecnologia inovadora e, principalmente, econômica, cloud computing (a computação em nuvem) ainda apresenta muitos mistérios para quem quer utilizá-la. Por isso, separamos aqui uma lista de funções úteis possíveis para os serviços de cloud.

Se ainda restam dúvidas sobre o que é a cloud computing, separamos aqui dez curiosidades para você que quer saber mais sobre esse serviço antes de contratá-lo.

Backup de informações empresariais

Uma das principais vantagens do cloud computing é a capacidade de armazenar informações sem exigir demais dos hardwares locais. Através de uma conexão de internet, os dados selecionados são enviados para servidores externos que garantem a segurança e o armazenamento das informações.

O backup empresarial é uma alternativa barata para empresas que não querem investir no próprio setor de TI, buscando um corte de gastos e uma segunda opção segura e confiável.

Se quer saber mais sobre backup de informações em cloud computing, temos um artigo só sobre esse assunto.

Rode seus próprios softwares

Uma das vantagens do cloud computing é a capacidade de acrescentar poder de hardware ao sistema de uma empresa. Dentro de uma das possibilidades para o cloud computing está o IaaS, um dos serviços oferecidos pela Azure e AWS, por exemplo. IaaS significa Infraestructure as a Service, ou infraestrutura como serviço, e é o uso da plataforma, essencialmente, como servidor para desenvolver e criar aplicativos e programas.

A vantagem da terceirização desse tipo de serviço é a eliminação de uma estrutura de TI muito grande (e necessária nesse caso) para rodar algum programa específico para a empresa: um aplicativo para funcionários, um produto a ser vendido, etc.

Os serviços de IaaS são mais cotados para empresas de tecnologia que precisam construir do zero os seus softwares e programas.

Desenvolva sua plataforma

Caso a empresa não precise de um serviço tão específico assim, há a possibilidade de se contratar um serviço de PaaS, ou Plataform as a service (plataforma como serviço), que oferece ferramentas mais dinâmicas e flexíveis para criar linguagens, códigos e outras estruturas de base.

Uma das aplicações mais comuns para os serviços desenvolvidos em conjunto, desde o princípio, mas para projetos fechados e não muito dinâmicos, porque a linguagem computacional criada pode não ser transferível para outros servidores.

O uso de plataformas internas pode ser muito útil caso a empresa precise melhorar a comunicação entre funcionários ou desenvolver um sistema de análise de pedidos e orçamento interno que atenda às demandas específicas do negócio.

Use o projeto de terceiros

Na necessidade de usar um programa mais robusto e completo, outra opção é utilizar os serviços em SaaS, ou software as a service (software como serviço) que possibilitam uma função similar a um aluguel de softwares e programas de outros desenvolvedores.

Além de ser a prática mais comum hoje dentro das opções de cloud computing, estando presente nos e-mails, redes sociais e aplicativos online, o SaaS é a solução mais simples e eficiente para os gerentes e profissionais que precisam fazer funcionar determinadas aplicações.

Serviços à distância

Esteja a equipe trabalhando dentro da empresa ou em casa, caso sejam profissionais de trabalho remoto, servidores compartilhados através do acesso à internet são uma forma de flexibilizar o organograma das empresas.

Além de ser uma maneira para evitar problemas (na saída de um gerente para férias ou viagens), o acesso remoto através de cloud backup é uma forma de garantir que os funcionários deixem de cumprir com tarefas em situações excepcionais (empresa sem luz ou internet, desastres naturais, etc).

A mobilidade para equipes à distância também são uma nova tendência do mercado, como forma de cortar gastos. Caso queira saber como fazer isso, basta ler esse artigo sobre o assunto.

Cloud computing não tem limites

Pode ser que esses serviços não sejam suficientes para algumas empresas com demandas fora do tradicional, mas uma das vantagens dessa tecnologia é a flexibilidade e, além dos serviços citados acima, existem ainda:

  • Documentos compartilhados para trabalhos conjuntos: como é o caso de serviços como o Google Docs ou Zoho Office;
  • Plataformas de entretenimento: Netflix, Youtube e Spotify são serviços de cloud computing que usam da tecnologia para atender à demanda cada vez maior dos usuários;
  • Armazenamento de arquivos: Além do backup empresarial em nuvem, também é possível armazenar outros arquivos e documentos em serviços como o Dropbox.

Como visto acima, o cloud computing é a tecnologia do futuro para as empresas que precisam cortar gastos em manutenção para investir mais em projetos. Por isso, identificar corretamente as demandas é importante.

Tem alguma dúvida? Fale com um de nossos especialistas e assine nossa newsletter para mais informações.

Publicado em Cloud Computing
Um comentário sobre “Cloud Computing na Prática: Como usar todo seu potencial tecnológico
4 Pings/Trackbacks para "Cloud Computing na Prática: Como usar todo seu potencial tecnológico"
  1. […] saber mais sobre a cloud? Confira nosso artigo sobre como maximizar os usos da tecnologia e 5 aplicações no dia-a-dia de uma […]

  2. […] De lá para cá muitas coisas aconteceram, mas o apocalipse dos mais pessimistas não desabou sobre os servidores da cloud. Hoje, o potencial da tecnologia só cresceu. […]

  3. […] Plataforma de TI vem à partir de 2011 e conta com quatro principais características: Big Data, Cloud Computing, Mobile e Social […]

  4. […] Aplicar cloud computing à sua empresa pode ser uma tarefa árdua. Não se trata apenas de escolher um provedor e transferir seus arquivos, é preciso estudar as melhores estratégias e maximizar os usos da tecnologia. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*